7

BondcastOFF 0040 – As Copas de nossas vidas

Hoje provamos que fãs de 007 também curtem futebol e mesmo com a situação do país, não vamos perder a Copa do Mundo. Viaje no tempo conosco, desde a primeira copa do mundo até a Copa de 2014. Enquanto você lia este post, GOOOOL da Alemanha!

BCOFF_BANNER_0040

Sergio Vasconcelos (@SeVasconcelos), Giuzão Chagas (@Giuzao), Rildon Santos (@RildonSouza) e Thiago Ubaldo recebem Felipe Nantes e Dr. Bruno Tucano para uma conversa sobre todas as Copas do Mundo, um pouco das que não vimos e muito das que acompanhamos. Momentos de 94, polêmicas de 98, emoções de 2002 e nenhuma saudade de 2014 marcam o primeiro Bondcast com temática de esportes. Raspe sua cabeça, abrace sua Suzana, escale o Romário e vêm com a gente!

Assine nosso feed:
https://itunes.apple.com/br/podcast/bondcast-brasil/id967616059?l=en
http://feeds.feedburner.com/bondcastbr

Tempo de Duração: 147 minutos

Lançado em: 15/07/2018

Bondcast

7 Comments

  1. Eita cast doido mais muito engraçado, me diverti muito, vcs como sempre arrasando e combinou muito nerds falando de futebol, continuem o trabalho e nos divirtam cada vez mais com esses casts. Abraços a todos!!!!!!!!

  2. Olá Meninos, tudo bem? Confesso a vcs q me surpreendi c/ esse off sobre Copa do Mundo. Adorei, foi mto divertido ouvir. E claro q ri horrores kkkkkkkkkk. Em primeiro lugar quero lhes dar o parabéns pelo excelente e cuidadoso trabalho de pesquisas sobre o tema para vcs poderem falar das copas de antes dos anos 1990. Me lembro de minha primeira lembrança viva da Copa. Eu c/ 6 anos de idade no Externato São Judas pintando o mascote Laranjinha, nossa tarefa da época e tb de ver um trio da seleção canarinho atuando como mágica: Zico, Sócrates e Casagrande. E posteriormente, ver a família inteira lamentar o Zico perder o pênalti e eu me perguntar o porque tinha acontecido. Foi aí q minha mãe e minhas tias contaram da festa do Tri. Em 1994 eu descobri a tal festa, o significado dela. Corri e peguei o LP com a música Verde e Amarelo (gravada em 1986 pelo Roberto Carlos) e coloquei no meu 2 em 1 no último volume. O chão tremeu e nós comemoramos cantando a música e pulamos mto. Aí saí pra rua e a vizinhança comemorou junto. essa música tinha q ter sido regravada para ser tema em 2014.
    E nessa copa, semana passada, assisti ao jogo Brasil x Costa Rica na companhia dos meus professores antes da aula de natação (ainda fiz 900 metros nadando sem parar) , Foi divertido.
    E amei as histórias de vcs, ótimas como sempre. Bjs, amo vcs.

  3. Puxa vida, que cast bom. Pessoal só sabe do que tá falando a partir da Copa de 94, mas tá bom. Foi daí que a maioria de nós começamos a acompanhar. Fazia 24 anos que o Brasil não ganhava a Copa. Me lembro de todos na minha casa de mãos dadas para ver as cobranças de pênaltis da final. Que emoção. Naquela época tinha promoção de um refrigerante, em que vinha na tampinha os possíveis 3 primeiros colocados. Minha amiga tinha uma em que aparecia a Suécia em terceiro, Brasil em segundo e Itália em primeiro. Nunca vi alguém secar tanto a seleção que nem ela. Fugindo do campo, e falando do marketing, na Copa de 90 tinha umas figurinhas nos salgadinhos Elma Chip’s, única coisa que lembro da Copa de 90, além dos copos da Pepsi que vinham com a cara de 4 jogadores e uma lata de Pepsi fazendo embaixadinha. Na Copa de 94 me lembro das figurinhas dos chicletes Ping Pong, era sensacional. Na Copa de 98 era febre os mini-craques, mas aí já não curtia tanto. Depois dos anos 2000 parece que acabou este tipo de marketing, que era tão maneiro. Mas ainda em 98 tinha o World Cup 98 para playstation, que tinha aquela música do Chumbawamba. “I get knocked down, but I get up again
    You are never gonna keep me down…”. Que época boa. Hoje é só álbum da Copa.

  4. Fala agentes! Esse é daqueles bondcasts off em que percebo quão boa é a interação entre vocês e como ela faz fluir qualquer assunto. Nesta última semana, por culpa de vocês, eu estou empolgado para ver o Missão Impossível: Efeito Fallout. Curti o primeiro, assisti o segundo mais do que devia e, fã de Lost que sou, achei o filme do gordinho loiro bem legal. Os últimos dois eu já estava em modo whatever mas ouvindo vocês falarem com empolgação sobre a série me contagiou.
    Algo que eu não esperava acontecesse com futebol. Nunca fui muito fã de esportes. Lembro de estar brincando na rua no final da copa de 98. Cheguei a cortar o cabelo como o Fenômeno em 2002 – hoje só estou do tamanho dele. Estava relaxando em casa no 7 x 1 e nesse 2018 só assisti o fatídico Brasil x Bélgica. Ainda assim, ouvir esse programa foi bem divertido. A próxima influência do Bondcast na minha vida será a leitura dos livros. Já estou no aguardo do próximo programa!

  5. Pooooorram. Que cast foda foi este da copa.
    Muitas memórias me vieram na cabeça, principalmente 2002. Em 1998 eu era muito moloque e 1994 é zero lembrança. Este cast salvou a copa para mim porque fui ouvir depois da eliminação do Brasil kkkkk. Haja coração amigos!

  6. Cara, minha mãe vive falando da copa de 94. Segundo ela foi uma das melhores kkkk
    Eu nem era nascida ainda :c
    A mais marcante pra mim foi a da Africa, foi tudo tão mágico. Não sei se pela minha idade ou porque realmente foi mágico kkkkk
    Sinto que a desse ano foi bem triste, desde o começo. Não foi tão divulgada e animada de inicio, acho que a maioria ficou sabendo encima da hora. Até a saída do Brasil esse ano foi bem mais triste do que o 7×1, o jogo contra a Alemanha foi motivo de diversos memes e raiva, mas a saída do Brasil esse ano foi só tristeza. Quando começou a enxurrada de gols (7×1) minha mãe até trocou de canal por ansiedade, esse ano ela não quis ver os últimos minutos só pra não ver os meninos tristes.
    Fiquei bem contente de ouvir vocês falando sobre as copas, eu não tenho essas memórias e é bom ouvir os outros contando kkk
    Ouvir vocês fez eu me sentir realmente animada e dar risadas sozinha ♥

  7. Salve Bondcasters!!

    Caraca, histórico das copas? Foi bem surpresa este episódio pra mim. Mas várias coisas nostálgicas. Em 94, eu tava num buteco esperando minha mãe sair do colégio (a dona era amiga da família), já em 98 eu passei raiva em casa mesmo. 2002 eu sequer lembro onde estava, 2006 tampouco, mas 2010 eu tava num sítio com o pessoal da empresa. Foi legal pacas assistir um pouco dos jogos da copa com eles, mas não deu muito certo.

    2014 eu passei trabalhando, tanto que quando quase houve o Maracanasso reformulado – com o 7×1 da Alemanha impediu isso… E 2018, passei trabalhando também.

    De resto, bom episódio.

    Grande abraço e até o próximo comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *