2

BondcastOFF 0075 – Street Fighter

Não deixe seus dedos terem bolhas com tanto meia lua e soco que daremos neste cast sobre Street Fighter, apesar do foco no filme, falamos também da franquia de games. E sendo muito clichê: HADOOOOOUKEN!!

Sergio Vasconcelos, Giuzão Chagas, Rildon Santos, Luis Vinicius Melione, Thiago Ubaldo e Lucian Novo tentam levar a sério a adaptação de Street Fighter para os cinemas, com filme com Jean-Claude Van Damme e “grande” elenco.

Assine nosso feed:
https://itunes.apple.com/br/podcast/bondcast-brasil/id967616059?l=en
http://feeds.feedburner.com/bondcastbr

Estamos no Spotify – CLIQUE AQUI PARA O LINK
I

Seja nosso padrinho – CLIQUE AQUI PARA O LINK

Redes sociais:
Facebook: @bondcastbrasil 
Twitter: @bondcastbr 
Instagram: @bondcastbr

Tempo de Duração: 73 minutos

Lançado em: 25/06/2021


Bondcast

2 Comments

  1. Olá meninos, tudo bem? Agora sim vcs estão “falando minha língua” kkk . Na adolescência joguei bastante Street Fighter nos consoles dos primos e em festas infantis de aniversário q tinham fliperama no buffet. Gostava de jogar com o Ryu e com personagens femininos. Poucas vezes joguei com o americaninho de cabelo reto (esqueci o nome dele, Willy eu acho) porém nunca me interessei em ver os filmes, preferia mesmo só jogar.
    Para games confesso q sou meia desatualizada mas é um ótimo divertimento. Eu gosto bastante, de joguinhos espaciais, de jogos de Atari, de aviãozinho e Sonic. E adoro ver os players de jogos q o Serginho grava. O de GF tá mto bacana. Bjs, amo vcs.

  2. Esse filme marcou minha infância. Foi o primeiro filme que vi com a família no cinema e lembro que a fila dava voltas e levava horas até conseguirmos ingresso.

    Ainda guardo com carinho esse filme, especialmente hoje sabendo do esforço pessoal que Raul Julia empreendeu para estar ali por seus filhos e segurando a fase terminal de sua doença.

    Tem coisas inexplicáveis como a guerra de bolinhas, personagens zero relacionados com seus pares dos games, frases clichês, lutas fracas? Sim, mas é daquela categoria: “Ruim que é quase bom”

    Ótimo episódio, galera

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *