13

Bondcast 0035 – 007 Permissão Para Matar

Bondcast Brasil nº 0035 está no ar! Chegamos agora ao Duro de Matar Bond, também conhecido como 007 Permissão Para Matar!

Sergio Vasconcelos, Giuzão Chagas, Lucian Novo e Leo Neves destrincharam esse que é o melhor filme de Timothy Dalton na pele do agente que todos nós adoramos. No melhor estilo anos 80, Bond vai à caça do vilão Sanches que deu de comer a um tubarão com seu amigo Felix Leiter.  Dê o play e aproveite!

Bondcast Brasil Will return na edição 0036 Bond No Dia a Dia.

Comente também no FacebookTwitter ou mande seu e-mail para bondcast@bondcast.com.br

Aviso: O Bondcast Brasil não é jornalístico e não busca trazer um documentário completo sobre o assunto. O objetivo do nosso podcast é levar entretenimento com muito humor e as vezes um pouco de seriedade para aqueles que gostam de nos escutar.

A tão falada “mão de fogo” da cena dos Caminhões:

Foto 1

Foto 2

Assine nosso feed:
https://itunes.apple.com/br/podcast/bondcast-brasil/id967616059?l=en
http://feeds.feedburner.com/bondcastbr

Tempo de Duração: 112 minutos

Lançado em: 01/05/2015

Bondcast

13 Comments

  1. Cast do melhor nível e com um dos meus filmes preferidos de toda a série. Minha esposa e eu somos somos fãs da cinessérie. Após Cassino Royale e Quantum of Solace ela interessou-se sobre Bond e quis conhecer mais e foi justamente a era de Dalton que a trouxe para o lado bom da Força. Realmente é uma pena que Dalton tenha feito apenas estes dois filmes. Em tempo: A Musica no final do filme é “If You Ask Me To” cantada por Patti Labelle.

  2. Mais um programa de qualidade. Parabéns.
    Esse filme é muito bom. Desconhecia completamente sobre a “lenda da mão” que tem no filme, foi ótimo saber sobre isso.

    Um comentário OFF: Esses dias estava rolando um debate sobre “O Melhor James Bond” nos comentários na página do Batman vs Superman no Filmow. Deixo o link desse debate
    http://filmow.com/comentarios/5528524/

  3. Meninos, obrigada por se fazerem presentes no dia do meu aniversário (mesmo q através apenas das vozes). E na semana passada termos gravado e me diverti mto nas duas ocasiões.
    LTK foi um filme especial p/ mim pq na época q ele saiu, eu tinha acabado de ganhar da minha mãe um lindo gato siamês, o qual dei o nome de James Bond pq seus olhos azuis eram idênticos aos de Timothy Dalton. Esse gato viveu 18 anos, faleceu em 2008. Saudades de vc miauzinho lindo!
    Esse filme tb foi o 1º q vi no cinema pq tinha 14 anos e a censura já permitia. Bond nesse filme ficou mais humano e mais “real” e acho injusto ele ter tido só 2 filmes. E se OHMSS fosse c/ Dalton teria dado super certo pq o livro exigia algo + teatral mais sério como era o estilo de Dalton. O melhor dos livros c/ o ator ideal combinação perfeita. Amo vcs. Bjs.

  4. Ah já ia esquecendo, ñ pense q ñ percebi a brincadeirinha c/ a sonora do Emerson Sheik e sua macaquinha de estimação, Guta. Só q todo mundo q tem um bichinho fica “bobalhão” qdo brinca c/ ele. Poucas coisas no mundo são tão espontâneas e bonitas como a relação dos bichos c/ seus donos, sendo eles famosos ou anônimos. Ñ tem diferença. Bj p/ vc Sergio e saúde pros seus bichinhos (se vc tiver) seu engraçadinho

  5. Fala galera,

    Excelente trabalho! Esse filme é com certeza um dos meus top 5 na franquia.Alguns pontos:

    -> Na cena inicial, quando o Sanchez está fugindo, os capangas e a Lupe são deixados para trás. Achei um furo do DEA não usá-los para extrair informações, etc. Apenas deixaram eles lá. rsrs;

    -> Música tema é a minha favorita, como já tinha comentado em outra oportunidade;

    -> Um ponto que não foi comentado: O plano da morte do Krest só foi possível graças à informação que a Lupe deu para Bond após a cena dos ninjas. Na ocasião Lupe informa rapidamente antes do café com o Sanchez que Krest chegaria a Istimus à noite, e com sagacidade Bond bola o plano em segundos dizendo que a emboscada dos chineses tinha sido armada por alguém que chegaria à noite em Istimus.

    -> Cenas de ação espetaculares, várias curiosidades que eu desconhecia, e fiquei realmente assustado com as fotos das chamas. SINISTRO!

    Espero que vocês continuem com esse fantástico trabalho. Como solicitado no cast, continuo me colocando à disposição para participar de algum cast, quem sabe GOLDENEYE :D.

    Abraços galera!

  6. antes de mais nada, nos comentários do cast de espionagem, sérgio, BB é BONDCAST BRASIL ( vou dizer BCB agora pra evitar mais zoação kkkkkkk) o filme pra mim só não é o 1° para indicar para quem não conhece 007 por causa do tema vingança, que é melhor a quem já conhece bond. o filme seria ainda mais pesado e violento, mas as cenas do leiter sendo mutilado e da morte do Milton Krest foram muito editadas para atingir classificação etária menor. filme excelente e, o vi no festival 007 e que me consolidou como fâ. robert davi e principalmente timothy dalton perfeitos, e a acertada direção de john gren o consolida como um dos melhores diretores da série. fime que encerrou a era clássica da série, pena que sem o sucesso que merece . que venha especial dalton e torço para ser mais um épico abraços

  7. “Dalton é meio retardado”. Vasconcelos, Sérgio.

    Rindo da “homenagem” à um excelente Bond.

    Ótimo programa, só para manter o alto nível! Parabéns!

  8. Filmaço, Bondcastzaço, programaço, e pensar que não curti mto qdo comecei a ouvir vc, continuam em uma crescente fantástica! Apesar de tudo o que falam, não vejo LTK destoar tanto dos demais filmes, é mais uma aventura de Bond, BOND SENDO BOND e não o lixo de QoS.
    Parabens e ansiosopeço BondcastoFF deste mês!

  9. O filme até que é bom. Algumas cenas são muito boas como James pulando de para-quedas pra chegar a tempo no casamento, o vilão pedindo pros capangas lavarem o dinheiro logo apos uma execução, entre outras. Uma coisa que deixa claro, é que Bond não é um assassino frio e cauculista, ele só mata quando vê razão nisso. (por isso ele não matou a violoncelista). Dalton já se sentia bem a vontade com o personagem. O filme figura fácil entre os melhores…. Vale a pena assistir….

  10. Ótimo trabalho! amei o The living day light!!! assisti 16 vezes, só no cinema!!! fora ….sem contar…em VHS! tenho em DVD e Blue- ray! é realmente um filme dos anos 60’s com os pés no 80’s!! a Fotografia Noir dos anos 60’s! é um puro charme! A trilha sonora é de encher os ouvidos!! maravilhosa! sem contar que passei a gostar dos filmes do 007/ James bond à partir deste filme!! desde de já um grande abraço a galera do Bond Cast Brasil!!

  11. Belo podcast. Galera mais uma vez está de parabéns pela riqueza de detalhes acerca desse filme com o Dalton. Por falar nisso, que filmaço! O Sanchez realmente foi um grande vilão, tendo todos os adjetivos que um vilão deve ter e com requintes de crueldade. Acredito que ele ajudou, e muito, para o sucesso do filme.
    O Dalton um tremendo 007, que deixou pra trás aquele personagem caricato e partiu para algo mais “humanizado”.
    Quanto à galera do BcB, simplesmente demais. Ouvir vocês é garantia de muita diversão!

  12. Belo podcast. Galera mais uma vez está de parabéns pela riqueza de detalhes acerca desse filme com o Dalton. Por falar nisso, que filmaço! O Sanchez realmente foi um grande vilão, tendo todos os adjetivos que um vilão deve ter e com requintes de crueldade. Acredito que ele ajudou, e muito, para o sucesso do filme.
    O Dalton um tremendo 007, que deixou pra trás aquele personagem caricato e partiu para algo mais “humanizado”.
    O episódio da mão de fogo, que desconhecia completamente, eu me arrepiei! Que coisa mais real aquilo lá. Impressionante mesmo. Lembro que ouvi o podcast hoje de madrugada e sozinho…
    Quanto à galera do BcB, simplesmente demais. Ouvir vocês é garantia de muita diversão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *