3

Matéria – O Som de 007

Como falar de James Bond sem lembrar das músicas. Sim, caros bondmaníacos, as trilhas sonoras que marcam as cenas de suspense, romance e, as que mais gostamos, de ação.

SITE_Banner_SOM

Passando por John Barry a George Martin, de David Arnold a Thomas Newman, que retorna agora para 007 Contra Spectre, a música de 007 sempre chamou atenção no cinema.

Sem falar nas músicas temas interpretadas por ícones da música pop como Tina Turner e Maddona, os mais clássicos Tom Jones e Shirley Bassey e até mesmo Lulu, que praticamente ninguém sabe quem é. O verdadeiro reconhecimento veio com a coroação de Adele com o Oscar de melhor canção por Skyfall.

the-music-of-james-bond-1As músicas de 007 marcaram época. No início da série as músicas temas eram clássicas, com muita influência de jazz e orquestras. O próprio “James Bond Theme” é feito em cima de partituras de jazz, composto por Monty Norman e “lapidado” por John Barry. Mas a partir dos anos 70 a série foi sofrendo influências de acordo com a época que era feito o filme.

É interessante perceber que muitas vezes a música tema mudava de acordo com o filme, ator e o que era moda na época. Na década de 60, Era Sean Connery, a música era digna de óperas, com arranjos e orquestras que acompanhavam o interprete, assim como sua trilha que era muito instrumental, com contra-baixos, guitarras e sopros. Na década de 70, com a entrada de Roger Moore, talvez tenha sido a mais eclética possível. Teve rock, pop, músicas românticas e baladas. Dependia muito do compositor da trilha. Na década de 80, com Timothy Dalton, a música permaneceu no mesmo estilo da década passada, apenas acrescentando alguns instrumentos eletrônicos, como sintetizadores e bateria elétrica, apenas para atualizar a musica. A maior mudança musical na série veio na adele-oscar-academy-awards-gidécada de 90, na Era Pierce Brosnan. A música eletrônica foi introduzida na série e mudou não só a música tema, mas também a trilha sonora do filme em si. Com Daniel Craig, a trilha manteve o mesmo estilo da Era Pierce Brosnan, com menos uso de música eletrônica, mas sem voltar totalmente ao clássico. A grande perda das trilhas dos filmes de Craig é o pouco uso da música tema. Coincidentemente, quando Thomas Newman entrou para compor a trilha de 007 Operação Skyfall, substituindo David Arnold, a música tema voltou a ser mais utilizada. É isso que esperamos para o próximo filme.

Outra parte interessante, principalmente para nós brasileiros e que acompanham muito televisão, é que as trilhas são muito utilizadas em programas televisivos. Já foram utilizadas em reality shows, programas de auditório e até em jornais.

Enfim, os filmes de 007 não teriam o mesmo charme, elegância e sofisticação sem sua trilha sonora diferenciada, com algumas “puladas de tubarão” na opinião de alguns, as trilhas e músicas tema vivem em nossos pen-drives, mp3 players e celulares.

Por: Rildon Santos

Bondcast

3 Comments

  1. Com certeza, as músicas dão um toque a mais no filme. No meu PC, além das soundtracks dos filmes, tenho algumas versões dos temas cantados por outros intérpretes, soundtracks de alguns games e até a música tema de umas versão xxx dos filmes de Bond… Agora tou correndo atrás das versões originais pra minha coleção õ/

    • Algumas versões de outros artistas são muito boas, outras nem tanto. Mas é legal ver que os temas são regravados depois de anos. Aprendi a gostar de trilhas sonoras de filmes por causa de 007 e hoje ouço muitas trilhas também. Achar as versoes originais, aqui no Brasil, é quase impossível. Infelizmente. Abraço!

  2. Lindo texto Rildon. Vc em poucas palavras trouxe o leitpr a uma viagem maravilhosa. O JB Theme é sofisticado e ao mesmo tempo popular e ao mesmo tempo misterioso como Bond. É minha música preferida a tal ponto de um dia minha mãe ter dito p/ mim (antes de eu conhecer a C007) q a música era a minha cara kkk Desde o meu 1º celular (tive 3) esse é o toque e ñ pretendo mudar. Minhas cantoras preferidas são Shirley Bassey e Adele. Q Vozes! Parabéns + uma vez querido. Bjo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *